Os filhos não precisam de mães perfeitas, mas de mães felizes ❤️

Birra! O que está por trás e como lidar com ela!

Anda preocupada com tanta birra por aí?

Então você vai gostar muito deste texto abaixo, escrito pela psicóloga Ana Cecília Prado Sousa (@crescer_devagar), e melhor, você pode assistir à Live que fizemos com ela nesta última segunda-feira (25/2)! Está gravada na íntegra também abaixo, após o texto.

Nós ficamos particularmente surpresas ao saber de tudo que está por trás de uma birra, e já vamos antecipando: provavelmente não é nada do que você pensava até então! Aprendemos demais nessa tarde e temos certeza que você irá aprender também!

Leia então abaixo o texto da Ana:

?Somos cruéis com as crianças. Tentamos dar significado aos seus comportamentos, baseados em nossa perspectiva de adulto. Esquecemos que a forma como uma criança pensa, sente e age não é a mesma de um adulto. Precisamos, urgentemente, compreender que:

? A Birra (e eu odeio esse nome, mesmo!!!) é um processo de desequilíbrio da criança. Ela sai do eixo emocional que ela estava. E não, ela não sabe lidar com isso sozinha. .

? Esse desequilíbrio dói, a criança chora porque não entende. Ela não está fazendo manha ou tentando te manipular. E ela não faz isso, simplesmente, porque ela NÃO CONSEGUE. O cérebro dela não amadureceu o suficiente. .

? Ah Cecília, mas se eu dou o que ela quer ela para de chorar. Claro, gente! Ela volta ao estado de equilíbrio dela. Mas não é sempre não, tá? Tem momentos em que a criança já está tão desorganizada emocionalmente que você da o que ela pediu e ela não quer mais (quando não joga no chão).

? Entender o funcionamento neurológico é fundamental para compreender que esse olhar que temos para a infância é errado, ultrapassado e acusador.

Compreender que as motivações da criança não passam pelo viés de fazer o adulto se sentir mal é fundamental para mudarmos nosso olhar.

Os adultos não estão sendo atacados. As crianças estão pedindo ajuda. E se olharmos com carinho para esse momento de desequilíbrio, conseguiremos nos conectar com aqueles olhinhos de amor pedindo socorro.

Ame! Em todos os momentos. ❤

Ana Cecília Prado Sousa – Psicóloga

Curtiu o conteúdo? Deixe o seu comentário! 👇

Sobre a Mini Dini

A Mini Dini surgiu do desejo de facilitar as multi-tarefas que as mamães executam todos os dias, e da busca por soluções práticas para os desafios que enfrentam.

Posts recentes

Curta a nossa FanPage

Conheça toda a nossa linha de produtos

0
Precisa de ajuda?